Gostou desta notícia?
URL

Filho de CR9 feito na FloridaA Ferver: 08.7 - 08h Por: Rita Montenegro / C.S. / S.H.

Ser pai era um desejo que Cristiano Ronaldo alimentava há algum tempo. Essa vontade passou à realidade quando, no ano passado, o jogador terá decidido recorrer a uma barriga de aluguer para ter o tão desejado filho. No maior dos secretismos, o craque do Real Madrid terá optado por uma clínica nos EUA.

Ao que o CM apurou, Ronaldo elegeu a Mayo Clinic, em Jacksonville, na Florida - que tem mais duas clínicas nos EUA - para levar avante os seus planos. Segundo uma fonte, o jogador dirigiu-se à conceituada unidade de saúde no Verão de 2009, na "companhia de um outro homem e de um tradutor científico".

"Ao que parece, nessa ocasião eles foram apenas recolher algumas informações sobre como decorre o processo. A presença do tradutor talvez se prenda com pormenores técnicos que Ronaldo pretendia saber, para ficar mais esclarecido", relata a fonte. Duas semanas depois, o jogador tomou a decisão de avançar com o processo.

O CM contactou a Mayo Clinic, na Florida. A primeira reacção do gabinete de relações públicas foi: "Não sabemos quem é Cristiano Ronaldo." Em seguida, o mesmo responsável garantiu não ter conhecimento do processo, já que é algo que não passa por aquele departamento, realçando, no entanto, "que o anonimato dos pacientes está sempre salvaguardado".

O nosso jornal apurou ainda que a mãe do internacional português, Dolores Aveiro, acompanhou o filho em todo este processo. "Pelo que se sabe, ela terá ido, já no início deste ano, à clínica, na companhia de outra mulher, mais nova, e de dois senhores, para tratar de alguma documentação inerente ao processo", concluiu a fonte.

MÃE ACOMPANHA RECÉM-NASCIDO

Dolores Aveiro é uma figura sempre presente na vida de Cristiano Ronaldo. Por isso, a sua participação no processo a que o jogador recorreu não causa espanto. Com Cristiano fora do País, é na mãe que este mais confia para tratar do filho, nascido a 17 de Junho.

A avó babada encontra-se em Vilamoura, no Algarve, com a filha Katia e os netos. Resguardada dos curiosos que não arredam pé da vivenda desde o anúncio da paternidade de Ronaldo, Dolores Aveiro prefere manter-se trancada em casa e assim estar mais dedicada ao novo neto.

PROVA DE RENÚNCIA PARA VIAJAR

Para viajar para Portugal, o filho recém-nascido de Cristiano Ronaldo precisou apenas de um passaporte norte-americano e de um documento atestando a renúncia da custódia maternal, segundo informaram ao Correio da Manhã fontes consulares nos EUA.

Até aos 90 dias, a criança pode viajar sem visto, sendo no entanto indispensável a autorização da mãe - excepto em casos em que a progenitora renuncie formalmente à custódia do filho, tal como terá acontecido. Recorde-se que ao anunciar no Facebook que tinha sido pai, Ronaldo adiantou que ficaria com a custódia exclusiva do filho. Assim, para sair dos EUA com o bebé o futebolista teve apenas de apresentar um documento do tribunal a atestar a renúncia da mãe à custódia da criança.

O mesmo se passa no caso de a criança ter sido registada num consulado português, de modo a ter dupla nacionalidade. Essa diligência pode aliás ser feita já em Portugal, sendo que, neste caso, será necessário que a certidão de nascimento seja autenticada pelo consulado mais próximo do local de nascimento do bebé.

O CM contactou vários consulados portugueses nos EUA. Uns alegaram que os registos são confidenciais, outros admitiram não ter recebido qualquer pedido de registo do filho de Ronaldo.

"LEGISLAÇÃO NÃO PERMITE" (Vicente Pinto, Ex-director da Maternidade Alfredo da Costa)

Correio da Manhã - Em Portugal é possível recorrer a uma barriga de aluguer?

Vicente Pinto - Não, a legislação nacional não o permite, mas em Espanha presumo que já é possível. Tecnicamente, isso não tem nada de especial.

- O que aconteceria se um homem recorresse a uma barriga de aluguer em Portugal?

- O médico teria de se sujeitar à decisão dos tribunais e seria também alvo de sanção por parte da Ordem dos Médicos.

- A Ordem poderia retirar-lhe a cédula profissional?

- Sim, e actuaria em conformidade com o tribunal.

- E o que acontecia ao homem?

- Poderia haver uma condenação, porque é ilegal. Admito que já tenha havido algum caso, que fica no segredo dos deuses.

PORMENORES

ILEGAL

Em Portugal, a lei impede a existência de barrigas de aluguer ou mães de substituição. Muitos portugueses são aconselhados a ir aos EUA, sobretudo mulheres com problemas que possam ser agravados por uma gravidez.

CANDIDATAS

As candidatas a barriga de aluguer têm de ter entre 18 e 35 anos, um historial clínico saudável, e de preferência com filhos. Se forem casadas, os maridos têm de assinar um contrato de consentimento.

'THE SUN'

O tablóide avança com duas possíveis mães para o bebé, que anunciaram estar grávidas semanas depois de estarem com o jogador: uma socialite dinamarquesa e uma americana de San Diego.

APOSTAS

O site de apostas Paddy Power já lançou o desafio e está a aceitar palpites, e dinheiro, sobre a identidade da mãe do bebé do jogador. Para já, Raffaella Fico e Nereida Gallardo lideram.

BLEACHER REPORT

O site questiona o anúncio tardio da paternidade e a ausência de uma comemoração especial no golo contra a Coreia do Norte, quatro dias após o nascimento do bebé.

Ronaldo em Nova Iorque

Fotogaleria de Cristiano Ronaldo



Partilhar:

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A.,
uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.