• Tamanho Letra
  • Imprimir
  • Partilhar  Partilhar
  • Comentar
  • Ler Comentários
Gostou desta notícia?
URL

Sónia Brazão no banco dos réus por crime de explosãoA Ferver: 19.5 - 11h Por: Ana Isabel Fonseca / Rute Lourenço

Sónia Brazão vai mesmo a julgamento. O juiz do Tribunal de Oeiras pronunciou ontem a actriz pelos exactos factos constantes na acusação do Ministério Público. O julgamento deverá começar ainda antes das férias judiciais de Verão e actriz irá responder pelo crime de libertação de gases asfixiantes e explosão, cuja pena pode ir até aos oito anos de cadeia.

"A Sónia está serena porque, acima de tudo, está de consciência tranquila. Está a encarar tudo isto com a tranquilidade e normalidade que é possível, dadas as circunstâncias. Vai manter a mesma pos-tura e não irá prestar declarações até ao julgamento", disse ao CM Ricardo Azedo, assessor da actriz.

Durante o debate instrutório, o procurador do Ministério Público referiu que embora Sónia não tivesse intenção de provocar danos nos vizinhos, tinha "a obrigação de prever as consequências quando abriu os quatro bicos do fogão. O magistrado salientou novamente que o objectivo da actriz era suicidar-se. 

MÃE E IRMÃO OUVIDOS EM TRIBUNAL

Nelsa e Luís Fonseca, mãe e irmão de Sónia, foram algumas das testemunhas ouvidas durante a fase de instrução. Os familiares foram questionados sobre os factos que ocorreram no dia da explosão [3 de Junho de 2011], bem como o estado de espírito da actriz nos dias anteriores. O assessor, Ricardo Azedo, também testemunhou.

Os familiares e amigos da actriz deverão agora voltar a tribunal na fase de julgamento. Serão também ouvidos os vizinhos de Sónia que sofreram vários prejuízos.



Partilhar:

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A.,
uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.