• Tamanho Letra
  • Imprimir
  • Partilhar  Partilhar
  • Comentar
  • Ler Comentários
Gostou desta notícia?
URL

Dânia Neto: "Nunca tinha mostrado o peito"Nacionais: 11.6 - 08h Por: Rute Lourenço

Dânia Neto é a capa da segunda edição da revista ‘Playboy’ e revela que recebeu um cachet compensador para mostrar o peito na revista masculina. A actriz está radiante com o resultado.

– Ponderou muito antes de aceitar o convite para a ‘Playboy’?

– Não, decidi aceitar a partir do momento em que a ‘Playboy’ surge no mercado português com um novo conceito. Acho que até aqui os trabalhos que tenho feito primaram pela qualidade e ofereceram-me a qualidade que pretendia.

– Nesta edição, também não houve nu explícito, mas a Dânia mostrou o peito…

– É verdade. Este é o meu trabalho mais ousado de sempre. Nunca tinha mostrado o meu peito em lado nenhum e nem na praia faço topless. Agora decidi mostrar porque acho que quando as coisas são feitas de uma forma bonita tudo é permitido. Além disso, lido bem com o meu corpo, sinto-me confortável.

– Estava nervosa na produção?

– Não, senti-me muito tranquila. Fui eu que escolhi a equipa com que ia trabalhar, e estava à vontade.

– Fez muitas exigências?

– Não fiz exigências. Foi-me apresentada uma proposta. E quando é feita uma proposta, ou interessa ou não. A mim interessou-me.

– Qual foi o valor do cachet?

– Não vou revelar. O dinheiro não foi o mais importante, mas, como é óbvio, se vou expor o meu corpo como nunca o fiz, o trabalho tem de ser bem pago.

– A primeira capa da ‘Playboy’ foi muito criticada por a Rita Pereira se ter despido pouco. Concorda com as críticas?

– Não vou comentar as produções feitas por colegas minhas, mas esta nova ‘Playboy’ tem um conceito diferente… Na minha opinião, não é o nu que fascina as pessoas. 



Partilhar:

PARABÉNS A...

Miley Cyrus

Novembro 23Miley Cyrus 22 anos

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A.,
uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.