• Tamanho Letra
  • Imprimir
  • Partilhar  Partilhar
  • Comentar
  • Ler Comentários
Gostou desta notícia?
URL

Filho de Carlos Martins regressa a casa Nacionais: 11.6 - 09h Por: Joana Nogueira / Paula Gonçalves com D.C.

O pequeno Gustavo, filho do futebolista internacional Carlos Martins, teve ontem alta médica do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa, 17 dias depois de ter sido submetido a um transplante de medula óssea para tratar uma aplasia medular.

"Foi ao início da tarde que o Gustavo saiu do IPO e regressou a casa. O regresso a casa representa outra grande vitória. O Gustavo está muito bem-disposto e pode, finalmente, voltar a brincar com os irmãos", escreveu Carlos Martins na página do Facebook Vamos ajudar o Gustavo.

"Mais uma vez agradecemos toda a energia positiva, toda a esperança e toda a força que nos deram. Também foi graças a isso que o Gustavo encontrou a cura e já está em casa com a família", concluiu o jogador.

Ao CM, a avó Fátima Martins realçou a garra do menino, de três anos, durante o período de internamento. "O Gustavo sempre teve muita energia. Apesar do espaço ser limitado, até conseguiu jogar à bola no IPO. Agora é viver um dia de cada vez".

Segundo o hematologista Nuno Miranda, responsável pelo tratamento de Gustavo, "a recuperação foi rápida". "A alta significa que a medula transplantada já está a funcionar", garantiu o especialista, acrescentando que o período de acomodação à nova medula é de seis meses a dois anos. "Nestes casos, a taxa de sucesso do transplante de medula é superior a 80%", explicou Nuno Miranda.

CONSULTAS SERÃO REGULARES

Gustavo continuará a ser acompanhado no IPO de Lisboa, apesar de ter saído da Unidade de Transplantes de Medula. "Ele terá de vir regularmente ao IPO para as consultas e tratamentos", garantiu o hematologista Nuno Miranda, acrescentando que a periodicidade das deslocações dependerá da evolução do caso.

"SÓ PODERÁ SAIR PARA IR AO HOSPITAL" (Nuno Miranda, Hematologista do IPO de Lisboa)

Correio da Manhã - Que cuidados é que o Gustavo precisa de ter nesta fase?

Nuno Miranda - O Gustavo vai ter de estar dependente da medicação. Terá também de ter um regime alimentar cuidado e um grau de protecção adequado para prevenir infecções.

- A nível alimentar, quais serão as principais restrições?

- O Gustavo não deverá ingerir alimentos crus. Todos os alimentos têm de ser muito bem cozinhados. Aos poucos, vamos introduzir legumes frescos.

- O Gustavo pode sair de casa?

- Nesta fase só poderá sair para ir ao hospital. Terá de evitar o ar condicionado e locais com muita gente. A liberdade dependerá da evolução do seu caso.


Partilhar:

PUB

PARABÉNS A...

Mafalda Vilhena

Abril 24Mafalda Vilhena41 anos

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A.,
uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.