• Tamanho Letra
  • Imprimir
  • Partilhar  Partilhar
  • Comentar
  • Ler Comentários
Gostou desta notícia?
URL

Uma pérola atlântica hospitalar Opinião: 16.6 - 10h Por: Leonardo Ralha, Jornalista

Mesmo que mais méritos não tivesse, Helena Laureano valeria a pena pela forma bem-disposta como relatou o seu internamento durante uma viagem à Madeira. "Costuma dizer-se que há males que vêm por bem. Já ia engripada de Lisboa e acabou por correr bem, graças às médicas que me assistiram", disse a actriz, de 44 anos, à ‘Flash’, sem se furtar de descrever como a infecção do sistema urinário evoluiu para pneumonia bilateral, o que impediu o seu regresso ao Continente.

"Quando o antibiótico chegou aos rins, a bactéria foi passear, pelo sangue, e chegou ao pulmão", lembra quem contou a todo o instante com o agente, Ricardo Azedo, que entre este caso e o de Sónia Brazão já terá experiência hospitalar bastante para requerer equivalência ao terceiro ano de Medicina.

Já de volta a Sesimbra, a actriz guarda da experiência alguns amigos feitos na ‘pérola do Atlântico’ e uma mudança de procedimentos em relação à sua cadela: "A Flora é a minha sombra, passa a vida atrás de mim. De vez em quando prendia-a. Liguei para a minha filha e disse-lhe que nunca mais a prenderia, porque isso é horrível." Dito isto, resta-nos rezar para que a cadela não seja de uma raça perigosa...

CRISTINA FERREIRA: QUANDO O HORÁRIO É DIFÍCIL DE CUMPRIR

"Obrigo-me a ir para a cama às dez da noite e durmo sempre oito horas", revelou Cristina Ferreira à ‘Vip’. Prova-se que não só o ex-marido tinha motivos para ser noctívago como não lhe era nada fácil enfiar-se na cama antes de tocar o despertador.

LUÍSA ABREU: ARTE DE SERVIR COPOS EM TODA 'A SELA'

Sem sorte no ‘Ídolos’, Luísa Abreu foi trabalhar para a danceteria A Sela, situada no Pinhal Novo. Ao que o porteiro disse à ‘TV 7 Dias’, a tia de Lyonce "servia bebidas e levantava copos". E os clientes ficavam sentados e a aplaudir de pé?

PEDRO GRANGER: RECORDAÇÕES FRESCAS DO AZERBAIJÃO

As memórias que Pedro Granger escreveu para a ‘TV Guia’ sobre o Azerbaijão não escamoteiam que recebeu a alcunha de ‘caloiro’ por fazer a sua estreia no Festival da Eurovisão. Isto, claro está, se ‘freshman’ não quiser dizer ‘homem fresquinho’...



Partilhar:

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Presslivre, S.A.,
uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.